Depois do Senado, clube-empresa também entra em projeto na Câmara



A abertura para os clubes de futebol se tornarem sociedades empresariais (clube-empresa) também está sendo discutida na Câmara dos Deputados através da Comissão Especial que analisa a reformulação da legislação desportiva. Um regime especial tributário aos clubes que optarem por esse modelo de gestão deve entrar no relatório que ficará pronto em junho. O relator da Comissão é o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN).

Há duas semanas, o tema também foi abordado na Comissão de juristas do Senado que está elaborando um proposta para a Lei Geral do Esporte. O tema foi abordado pelo relator da Comissão, o advogado Wladimyr Camargos, e deve ser incluído no texto final que será entregue no início de junho ao presidente do Senado, Renan Calheiros.

A abertura ao clube-empresa já foi aprovada pelo Congresso, no ano passado, durante o trâmite do texto que deu origem à Lei do Profut. Entretanto, o artigo que abordava a possibilidade dos clubes se tornarem sociedades empresárias com regime tributário especial foi vetado pela presidente Dilma Rousseff.

 



MaisRecentes

Benemérito do Vasco reclama de obstrução da secretaria para regularizar sócio



Continue Lendo

Vasco fecha com novo patrocinador até o final da temporada



Continue Lendo

Tour da Arena Corinthians já recebeu mais de 100 mil visitantes



Continue Lendo