Nos corredores do Congresso, Romário falou em prender Coronel Nunes por ausência na CPI do Futebol



Presidente da CPI do Futebol, o senador Romário (PSB-RJ) ficou irritado com a ausência do presidente interino da CBF, Coronel Nunes, na sessão de ontem, em Brasília, da comissão que investiga irregularidades nas atividades da entidade que comanda o futebol brasileiro. Nos corredores do Congresso, Romário chegou a afirmar a parlamentares que iria mandar prender o dirigente por atrapalhar os trabalhos da comissão.

O presidente interino da CBF argumentou que não poderia estar em Brasília, na última quarta-feira, para prestar depoimento por causa da convocação da Seleção Brasileira para os jogos das Eliminatórias, que ocorreu na manhã desta quinta-feira, no Rio de Janeiro.

Após a ausência de Nunes na sessão, a CPI do Futebol acionou a Justiça Federal do Rio de Janeiro para que o dirigente seja levado à Brasília “à força” na próxima audiência, agendada para o dia 16 deste mês. Após a iniciativa, a CBF divulgou nota afirmando que o presidente interino da entidade irá “espontaneamente” à sessão.



  • DIGOTOG

    CADEIA NESSA CORJA TODA ROMÁRIO! CBF É UM COVIL DE COBRAS! E DEVERIA DAR UMA PASSADINHA NA REDE ESGOTO TAMBÉM!

  • Rui

    Romário tentando enganar mais uma vez os trouxas, o Coronel sim , mas você também, Romário, você não engana mais ninguém, metido aí com a politica bandida do Rio!!!

    • Luiz

      Deixa adivinhar, seu clube não prega a modernização do futebol brasileiro, não faz parte da Primeira Liga.

MaisRecentes

CBF vai ampliar colégio eleitoral e número de vices



Continue Lendo

Flamengo e Maracanã: assinado acordo por mais um jogo da Libertadores



Continue Lendo

CBF irá igualar diária paga a árbitros de todas as divisões do Brasileiro



Continue Lendo