‘Dilma gosta de Eurico’, é a visão na CBF sobre o dirigente indicado à Apfut



O fato de o presidente do Vasco, Eurico Miranda, ter sido uma das três indicações da CBF para fazer parte da APFut, órgão que vai fiscalizar a aplicação do Profut, tem explicação.

Eurico é visto como entendido de leis e regulamentos. Mas também, na visão de quem representou a CBF em Brasília, a presidente Dilma Rousseff gosta dele.

Para definir o escolhido, a CBF procurou o presidente da Ferj, Rubens Lopes. A ideia inicial de Rubinho era “inovar”, indicando o presidente do Resende para o cargo. Mas a CBF contra-argumentou que era necessário um nome de peso para representar os clubes na Apfut, e o nome de Eurico foi decidido.

Para completar a lista, a CBF usou o critério de apontar dirigentes dos outros dois estados fortes no futebol: Modesto Roma (Santos) e Lásaro Cunha (Atlético-MG).



MaisRecentes

Rodrigo Caetano surge como opção caso Alexandre Mattos deixe o Palmeiras



Continue Lendo

Caso vire empresa, investidores podem quitar dívida do Botafogo em até cinco anos



Continue Lendo

Conselheiros do Vasco vão pedir explicação formal a Campello sobre recusa a novos sócios



Continue Lendo