Bandeira surge como favorito para ser titular da Apfut; Atletas também querem presença feminina



Apesar da lista de seis nomes de representantes de clubes indicados ao governo (por CBF e Confederação de Clubes) para fazer parte da Apfut, só dois serão escolhidos como titular e suplência. O favorito para a titularidade é Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo. Para não ter briga política entre estados, Modesto Roma, do Santos, surge como provável suplente, já que o intuito no momento é não botar dois dirigentes de clubes do mesmo estado.

A Confederação Nacional dos Atletas, que também se reuniu no Rio, fez a indicação de Juliana Cabral, ex-capitã da Seleção feminina, para a Apfut, com o intuito de ter uma voz das mulheres no órgão. Jairzinho e Ricardo Rocha são os outros indicados. Mas os nomes só não foram entregues definitivamente, segundo Lars Grael, porque Raí e Cafu, representantes do futebol na CNA, não puderam comparecer ao encontro.

O discurso entre os atletas é dar total suporte para que o governo escolha Juliana. É bom lembrar que os Ministérios do Esporte e da Casa Civil têm a prerrogativa de definir os titulares e suplentes da Apfut.



MaisRecentes

Vasco acerta aumento pontual da exposição do Azeite Royal na camisa



Continue Lendo

Especialistas em Direito do Esporte se unem em um novo escritório de advocacia



Continue Lendo

Caso Everest: Diário Oficial publica autorização para licitar nova sede do clube



Continue Lendo