Bandeira surge como favorito para ser titular da Apfut; Atletas também querem presença feminina



Apesar da lista de seis nomes de representantes de clubes indicados ao governo (por CBF e Confederação de Clubes) para fazer parte da Apfut, só dois serão escolhidos como titular e suplência. O favorito para a titularidade é Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo. Para não ter briga política entre estados, Modesto Roma, do Santos, surge como provável suplente, já que o intuito no momento é não botar dois dirigentes de clubes do mesmo estado.

A Confederação Nacional dos Atletas, que também se reuniu no Rio, fez a indicação de Juliana Cabral, ex-capitã da Seleção feminina, para a Apfut, com o intuito de ter uma voz das mulheres no órgão. Jairzinho e Ricardo Rocha são os outros indicados. Mas os nomes só não foram entregues definitivamente, segundo Lars Grael, porque Raí e Cafu, representantes do futebol na CNA, não puderam comparecer ao encontro.

O discurso entre os atletas é dar total suporte para que o governo escolha Juliana. É bom lembrar que os Ministérios do Esporte e da Casa Civil têm a prerrogativa de definir os titulares e suplentes da Apfut.



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo