Trio de Ferro tenta anular cobrança de R$ 300 milhões em impostos pela Prefeitura de SP



Corinthians, Palmeiras e São Paulo tentam através da Câmara Municipal anular uma cobrança da Prefeitura de R$ 300 milhões em Imposto Sobre Serviços (ISS) devido entre os anos de 2010 e 2014. A cobrança foi feita através de um Projeto de Lei (PL) do Poder Executivo apresentado no ano passado sobre a tarifa.

Nesta sexta-feira, 5, os presidentes dos clubes se reuniram com o presidente da Câmara, Antônio Donato (PT), e com os vereadores Nelo Rodolfo, Milton Leite e Toninho Paiva onde ficou definido a apresentação de uma proposta substitutiva ao PL assinado pelo prefeito Fernando Haddad. O documento pede a anistia da dívida fiscal dos clubes alegando que a cobrança dos valores comprometem a receita dos clubes.

– Não é privilégio. É uma forma de incentivar o esporte e também o turismo de São Paulo, pois os grandes clubes atraem turistas de todo o mundo – comentou o vereador Nelo Rodolfo, que é conselheiro benemérito do Palmeiras.

A proposta substitutiva foi assinada pelo bloco parlamentar PR/DEM e os partidos PPS, PCdoB, PRB, PHS, PROS, PMDB, PSB, PSD, PP e PSDB.

Além de Roberto de Andrade (Corinthians), Paulo Nobre (Palmeiras) e Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco (São Paulo), também participaram do encontro o presidente do Sindicato dos Clubes e ex-presidente do Palmeiras, Mustafá Contursi, o deputado federal e ex-dirigente do Corinthians, Andrés Sanchez, e o diretor de seleções da CBF e conselheiro do São Paulo, Marco Aurélio Cunha.



MaisRecentes

Após confirmação de Valentim em 2019, goleiro Martín Silva deve sair do Vasco



Continue Lendo

Arena da Baixada recebe evento com forças da segurança pública do Paraná



Continue Lendo

Justiça determina que eleição no Volta Redonda tenha urna para sócios ‘sub judice’



Continue Lendo