Trio de Ferro tenta anular cobrança de R$ 300 milhões em impostos pela Prefeitura de SP



Corinthians, Palmeiras e São Paulo tentam através da Câmara Municipal anular uma cobrança da Prefeitura de R$ 300 milhões em Imposto Sobre Serviços (ISS) devido entre os anos de 2010 e 2014. A cobrança foi feita através de um Projeto de Lei (PL) do Poder Executivo apresentado no ano passado sobre a tarifa.

Nesta sexta-feira, 5, os presidentes dos clubes se reuniram com o presidente da Câmara, Antônio Donato (PT), e com os vereadores Nelo Rodolfo, Milton Leite e Toninho Paiva onde ficou definido a apresentação de uma proposta substitutiva ao PL assinado pelo prefeito Fernando Haddad. O documento pede a anistia da dívida fiscal dos clubes alegando que a cobrança dos valores comprometem a receita dos clubes.

– Não é privilégio. É uma forma de incentivar o esporte e também o turismo de São Paulo, pois os grandes clubes atraem turistas de todo o mundo – comentou o vereador Nelo Rodolfo, que é conselheiro benemérito do Palmeiras.

A proposta substitutiva foi assinada pelo bloco parlamentar PR/DEM e os partidos PPS, PCdoB, PRB, PHS, PROS, PMDB, PSB, PSD, PP e PSDB.

Além de Roberto de Andrade (Corinthians), Paulo Nobre (Palmeiras) e Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco (São Paulo), também participaram do encontro o presidente do Sindicato dos Clubes e ex-presidente do Palmeiras, Mustafá Contursi, o deputado federal e ex-dirigente do Corinthians, Andrés Sanchez, e o diretor de seleções da CBF e conselheiro do São Paulo, Marco Aurélio Cunha.



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo