‘Obras pesadas’ tiram Estádio Olímpico da Rio-2016 de avaliação do governo



Estádio ficou fechado por 19 meses entre 2013 e 2015

Estádio Olímpico dos Jogos Rio-2016, o Nilton Santos (Engenhão) foi a grande a ausência da avaliação de arenas esportivas divulgada nesta quinta-feira, 28, pelo governo federal com o lançamento do Sistema Brasileiro de Classificação de Estádios (Sisbrace). Segundo o Ministério do Esporte, o motivo foram as “obras pesadas” que têm sido realizadas e que impediram a análise por parte da equipe técnica.

Construído em 2007, o estádio que atualmente é utilizado pelo Botafogo ficou quase dois anos interditado entre 2013 e 2015 por conta de problemas estruturais e obras em sua estrutura.

O local foi reaberto parcialmente no primeiro semestre do ano passado, mas atualmente está fechado para as intervenções voltadas para os Jogos Olímpicos. Entre as obras está a instalação de arquibancadas provisórias que aumentará sua capacidade de 45 mil para 60 mil lugares na Rio-2016.



  • Gledson Brito

    isso é coisa da filha da putagem da empresa do Maracanã… contratou uma engenharia pra poder ferrar o estádio…

MaisRecentes

‘Serão 6,5 mil testes este ano’, diz presidente da comissão antidoping da CBF



Continue Lendo

Tícket médio dos jogos do Brasileirão-2016 teve queda de 10%, aponta estudo



Continue Lendo

ABCD crê em recredenciamento junto à Wada até abril



Continue Lendo