Veto da CBF à Primeira Liga reforça criação da Liga Nacional



Liga Nacional seria criada com onze clubes da Série A do Brasileirão

O veto da CBF à Primeira Liga nesta temporada deve acelerar a criação da Liga Nacional. Já que o torneio ocorrerá normalmente a partir de amanhã, conforme pregam os dirigentes da Liga Sul-Minas-Rio, a posição oficial da entidade contra a competição reforça a possibilidade de punições aos competidores.

Segundo integrantes da Liga, caso a retaliação da CBF ocorra, o caminho natural é o boicote ao Brasileirão e a criação da Liga Nacional com 15 clubes, sendo 11 deles da Série A e quatro da B.

Segundo dirigentes da Liga Sul-Minas-Rio, a posição contrária da CBF em relação à realização da Primeira Liga nesta temporada já era conhecida desde o começo das conversas com a entidade, no ano passado. E que a publicação do veto oficial da CBF ontem, às vésperas do início do torneio, foi premeditada.

A avaliação dos integrantes da Liga é que esta foi a última cartada da entidade para tentar inviabilizar a competição.



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo