Ambev briga por direitos no Allianz Parque, mas investe mais de R$ 1 milhão no Palmeiras



A Ambev acionou a Wtorre por direitos no estádio do Palmeiras, conforme publicou ontem o LANCE!, como ter exclusividade na venda de bebidas no Allianz Parque. Ao mesmo tempo, a empresa deve investir R$ 1,1 milhão no clube este ano pelo contrato de licenciamento de marca através do “Movimento por um Futebol Melhor”.

Iniciado em 2012, o acordose encerra em 2017 e envolve desde a venda de latinhas alusivas ao Palmeiras até a gestão de páginas em redes sociais, como a “BrahmaPalmeiras” no Facebook.

Caso a Ambev consiga a cota de venda exclusiva de bebidas no estádio do Palmeiras tendo como base um documento de 1920, o clube perderia uma de suas fontes de receita no acordo feito com a WTorre, onde tem direito a 5% de qualquer contrato comercial fechado pela construtora no Allianz Parque.

O percentual cresce 5% a cada cinco anos, o que acarretaria em uma perda de 30% da receita da cota para o clube nos últimos dos 30 anos da concessão à WTorre.



MaisRecentes

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo

Possibilidade de apoio de Euriquinho gera desconforto no grupo Sempre Vasco



Continue Lendo