‘Acabou o clima de terror’, diz presidente do Flamengo pós reunião entre Liga e Ferj



Após o encontro entre dirigentes da Liga Sul-Minas-Rio e da Ferj, ocorrida na tarde desta quinta-feira, 21, na sede da CBF, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, se mostrou otimista em poder participar da Primeira Liga sem o clube ser multado.

Na semana passada, entidade responsável pelo futebol carioca reivindicou junto à CBF uma punição a Flamengo e Fluminense caso os clubes participassem do torneio organizado pela Liga este ano.

– Acabou aquele clima de terror. Até porque não estamos fazendo nada de errado. O torneio será amistoso pois sabíamos que seria difícil realizá-lo em caráter oficial já neste ano – comentou o presidente rubro-negro.

A reunião de ontem na CBF ocorreu entre os presidentes da Ferj, Rubens Lopes, e da Liga, Gilvan de Pinho Tavares (Cruzeiro), e teve como objetivo aparar as arestas em relação à participação da dupla Fla-Flu na Primeira Liga deste ano.

Em conflito com Lopes desde o ano passado, Bandeira de Mello, estava no local do encontro mas preferiu não participar da reunião.



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo