‘Acabou o clima de terror’, diz presidente do Flamengo pós reunião entre Liga e Ferj



Após o encontro entre dirigentes da Liga Sul-Minas-Rio e da Ferj, ocorrida na tarde desta quinta-feira, 21, na sede da CBF, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, se mostrou otimista em poder participar da Primeira Liga sem o clube ser multado.

Na semana passada, entidade responsável pelo futebol carioca reivindicou junto à CBF uma punição a Flamengo e Fluminense caso os clubes participassem do torneio organizado pela Liga este ano.

– Acabou aquele clima de terror. Até porque não estamos fazendo nada de errado. O torneio será amistoso pois sabíamos que seria difícil realizá-lo em caráter oficial já neste ano – comentou o presidente rubro-negro.

A reunião de ontem na CBF ocorreu entre os presidentes da Ferj, Rubens Lopes, e da Liga, Gilvan de Pinho Tavares (Cruzeiro), e teve como objetivo aparar as arestas em relação à participação da dupla Fla-Flu na Primeira Liga deste ano.

Em conflito com Lopes desde o ano passado, Bandeira de Mello, estava no local do encontro mas preferiu não participar da reunião.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo