Membros da APFUT serão nomeados em até 30 dias



O governo publicou ontem no Diário Oficial o decreto que regulamenta a Autoridade Pública de Governança do Futebol (APFUT), que ficará responsável pela fiscalização dos clubes em relação às exigências do Profut. Entretanto, a nomeação dos dez membros que irão compor o órgão só serão divulgados em 30 dias.

Os cinco representantes do governo sairão dos Ministérios do Esporte (dois membros), Fazenda, Trabalho e Previdência Social. O futebol será representado por atleta, dirigente, treinador e árbitro no órgão, além de um representante da entidade de fomento ao desenvolvimento do futebol brasileiro.

Os nomes que serão indicados para compor a APFUT tanto pelo lado do governo quanto pela sociedade civil terão ainda que passar por aprovação do Conselho Nacional do Esporte (CNE), órgão vinculado ao Ministério do Esporte. Atualmente, o CNE conta com 20 representantes titulares, que vão desde aos mais altos cargos da pasta de esporte como o ministro George Hilton e o secretário-executivo Ricardo Leyser, a ex-atletas como Ronaldo Fenômeno.

Os 30 dias para a nomeação dos membros da APFUT estão incluídas no prazo de 90 dias previstos no decreto divulgado ontem pelo governo para a formulação do regimento interno do órgão. Certo apenas é que os representantes não serão remunerados e os indicados só poderão ser reconduzidos ao cargo uma vez.



  • Kaddu De Souza

    E tem gente que ainda dá ouvidos ao ser vivente chamado de Lubens Ropes, tambem conhecido no meio policial por Roubinho…

MaisRecentes

Dirigente do Flu reconhece excesso de jovens no elenco: ‘Ideal é ter mescla’



Continue Lendo

Com Under Armour, Fluminense tem menos uma dor de cabeça



Continue Lendo

Atlético Paranaense abre escola de futebol na África



Continue Lendo