Proposta de aumentar isenção do imposto de renda para investimentos no esporte volta ao Congresso



Ex-judoca é o autor de projeto de lei que aumenta percentual de isenção no imposto de renda

A proposta para elevar os percentuais de isenção do imposto de renda para quem investir em eventos esportivos passará a tramitar no Congresso assim que os parlamentares voltarem do recesso, em 2 de fevereiro. O projeto de lei propõe um aumento de isenção de 1% para 3% para empresas, e de 6% para 9% para pessoas físicas.

– A intenção é resolver isso assim que os trabalhamos forem retomados – diz o deputado e ex-judoca João Derly (Rede-RS), autor da proposta. A primeira análise do documento ocorrerá na Comissão de Esporte da Câmara.

Segundo  Derly, parlamentares que defendem o aumento dos percentuais de isenção de imposto para investimentos no esporte têm conversado com o relator do projeto de lei, o deputado João Arruda (PMDB-PR), para voltar a incluir no relatório a possibilidade da isenção ser realizada sobre lucro presumido e não apenas sobre lucro real das empresas, iniciativa que simplificaria o cálculo.



MaisRecentes

Diretor da Chape compara permanência na Série A a título da Champions League



Continue Lendo

Botafogo sai da lista de clubes formadores da CBF. Coritiba retorna



Continue Lendo

Entidades buscam nome para preencher vaga no Tribunal Antidopagem



Continue Lendo