Nem doença impediu desembargadora de liberar eleição na CBF



Selecionada para assumir a análise do agravo de instrumento interposto pela CBF a fim de derrubar a liminar que suspendeu a eleição de vice da entidade, a desembargadora Claudia Pires dos Santos Ferreira teve que receber a petição mesmo doente. Mas mesmo assim, segundo apurou a coluna, houve o compromisso de despachar com celeridade a decisão, tanto é que às 19h foi publicado o efeito suspensivo da liminar, liberando o pleito para esta quarta-feira.

Na CBF, houve muita comemoração, já que o Coronel Nunes poderá ser eleito.



MaisRecentes

Rodrigo Caetano surge como opção caso Alexandre Mattos deixe o Palmeiras



Continue Lendo

Caso vire empresa, investidores podem quitar dívida do Botafogo em até cinco anos



Continue Lendo

Conselheiros do Vasco vão pedir explicação formal a Campello sobre recusa a novos sócios



Continue Lendo