Nem doença impediu desembargadora de liberar eleição na CBF



Selecionada para assumir a análise do agravo de instrumento interposto pela CBF a fim de derrubar a liminar que suspendeu a eleição de vice da entidade, a desembargadora Claudia Pires dos Santos Ferreira teve que receber a petição mesmo doente. Mas mesmo assim, segundo apurou a coluna, houve o compromisso de despachar com celeridade a decisão, tanto é que às 19h foi publicado o efeito suspensivo da liminar, liberando o pleito para esta quarta-feira.

Na CBF, houve muita comemoração, já que o Coronel Nunes poderá ser eleito.



MaisRecentes

Conselheiros do Vasco criticam atuação de diretor de futebol



Continue Lendo

Árbitros da Ferj estão sem receber parte dos pagamentos



Continue Lendo

Fora de São Paulo, Paraná lidera número de visitantes na Arena Corinthians



Continue Lendo