Na CBF, a ordem agora é não chamar o Nunes de ‘Coronel’



Para aliviar a imagem do presidente da Federação Paraense, a determinação na CBF é parar de chamar o candidato único a vice-presidente de Coronel.

Agora é presidente Nunes.

Tanto é que foi assim que o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, referiu-se ao dirigente paraense na entrevista de terça-feira, após o manifesto na porta da entidade.



MaisRecentes

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo