‘Estou decepcionado’, diz presidente do Grêmio sobre Liga Sul-Minas-Rio



Apesar da crítica, presidente do Grêmio diz que clube não deixará a Liga (Crédito: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Após a saída do Cruzeiro e a insatisfação de Flamengo e Fluminense com a Liga Sul-Minas-Rio, agora foi a vez do Grêmio criticar a organização da Primeira Liga, torneio que está previsto para 2016 mas que ainda não saiu do papel. Segundo o presidente do clube gaúcho, Romildo Bolzan Júnior, o maior problema é em relação ao entendimento dos próprios dirigentes brasileiros.

– Estou muito decepcionado. O que mais importa é nossa capacidade de se entender mas até agora não tivemos condições para isso – comentou o dirigente gremista.

Em entrevista na semana passada, o presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, oficializou a retirada do time mineiro da Liga por “não ser rentável”. Já a dupla Fla-Flu mostrou descontentamento em relação à forma como Mário Celso Petraglia (Atlético-PR) foi escolhido para ser um dos presidentes e responsável pelos acordos comerciais da Primeira Liga.

– Acho muito triste ter que reconhecer que somos frágil em termos corporativo e de organização – completou o dirigente gremista.

Sobre a competição sair do papel já na próxima temporada, o presidente do Grêmio afirmou “não ter condições” de confirmar a sua realização mas ressaltou que o clube se mantém firme como integrante da Liga.



MaisRecentes

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo

Pretenso patrocinador do Vasco já foi punido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)



Continue Lendo

Mesmo com prêmio milionário, caso conquiste a Copa do Brasil, Cruzeiro deve fechar o ano no vermelho



Continue Lendo