‘Estou decepcionado’, diz presidente do Grêmio sobre Liga Sul-Minas-Rio



Apesar da crítica, presidente do Grêmio diz que clube não deixará a Liga (Crédito: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Após a saída do Cruzeiro e a insatisfação de Flamengo e Fluminense com a Liga Sul-Minas-Rio, agora foi a vez do Grêmio criticar a organização da Primeira Liga, torneio que está previsto para 2016 mas que ainda não saiu do papel. Segundo o presidente do clube gaúcho, Romildo Bolzan Júnior, o maior problema é em relação ao entendimento dos próprios dirigentes brasileiros.

– Estou muito decepcionado. O que mais importa é nossa capacidade de se entender mas até agora não tivemos condições para isso – comentou o dirigente gremista.

Em entrevista na semana passada, o presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, oficializou a retirada do time mineiro da Liga por “não ser rentável”. Já a dupla Fla-Flu mostrou descontentamento em relação à forma como Mário Celso Petraglia (Atlético-PR) foi escolhido para ser um dos presidentes e responsável pelos acordos comerciais da Primeira Liga.

– Acho muito triste ter que reconhecer que somos frágil em termos corporativo e de organização – completou o dirigente gremista.

Sobre a competição sair do papel já na próxima temporada, o presidente do Grêmio afirmou “não ter condições” de confirmar a sua realização mas ressaltou que o clube se mantém firme como integrante da Liga.



MaisRecentes

Futebol americano: NFL e Microsoft ampliam parceria de atuação digital



Continue Lendo

Delta torna-se o primeiro parceiro da Olimpíada de Los Angeles-2028



Continue Lendo