Bloco nordestino recua e vai votar no Coronel Nunes. Bahia e Alagoas vão se abster



Antes unidos alegando ilegalidade na realização da eleição para vice-presidente da CBF, o bloco de oito das nove federações do Nordeste que assinou uma carta pedindo o cancelamento da assembleia geral eleitoral desta quarta-feira colocou o pé no freio. A maior parte dos signatários vai votar no Coronel Nunes, segundo um dirigente ouvido pelo blog. A exceção – de acordo com o cenário pré-assembleia-geral relatado – será a dupla Bahia e Alagoas, cujos presidentes, Ednaldo Rodrigues e Felipe Feijó, vão se abster.

Felipe, inclusive, é filho de Gustavo Feijó, um dos vices da CBF, que segue contestando o pleito.



MaisRecentes

Atlético-MG pode ser multado no caso do torcedor que praticou racismo contra segurança



Continue Lendo

FPF e LaLiga assinam acordo inédito de cooperação



Continue Lendo

Flamengo é o primeiro clube brasileiro a ultrapassar os 25 milhões em redes sociais



Continue Lendo