Homens de confiança de Del Nero e o temor pelo futuro com mudança de poder



O sentimento nos corredores da CBF é que há um temor vindo das salas do secretário-geral, Walter Feldman, e do diretor financeiro e de planejamento, Rogério Caboclo, quanto à possibilidade de demissão da entidade com a saída de Marco Polo Del Nero do poder.

Feldman, político como é, ao menos consegue ter uma certa simpatia entre os presidentes de federação e vices da entidade. Já Caboclo, por ser mais fechado, de poucas palavras, e sempre ter sido homem de confiança e fiel a Del Nero, é visto com certas ressalvas.



MaisRecentes

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo

Mesmo debilitado, Eurico Miranda mostra sua força na política do Vasco



Continue Lendo

Apesar de decisão da Justiça, clubes apoiam Caboclo na CBF



Continue Lendo