Homens de confiança de Del Nero e o temor pelo futuro com mudança de poder



O sentimento nos corredores da CBF é que há um temor vindo das salas do secretário-geral, Walter Feldman, e do diretor financeiro e de planejamento, Rogério Caboclo, quanto à possibilidade de demissão da entidade com a saída de Marco Polo Del Nero do poder.

Feldman, político como é, ao menos consegue ter uma certa simpatia entre os presidentes de federação e vices da entidade. Já Caboclo, por ser mais fechado, de poucas palavras, e sempre ter sido homem de confiança e fiel a Del Nero, é visto com certas ressalvas.



MaisRecentes

Conmebol anunciará veredito do Flamengo na segunda semana de janeiro



Continue Lendo

Presidência da Primeira Liga fica com o América-MG; vice é do Paraná



Continue Lendo

Botafogo recupera certificado de clube formador da CBF



Continue Lendo