Em 15 anos no Congresso, novo presidente da CBF foi coadjuvante em propostas para o esporte



Marcus Vicente está em seu quinto mandato como deputado federal pelo ES (Crédito: Agência Congresso)

Marcus Vicente está em seu quinto mandato como deputado federal pelo Espírito Santo. Em sua página no site da Câmara, estão listados 228 itens entre projetos, requerimentos e pareceres de sua autoria desde o final dos anos 90. Desse total, apenas quatro deles (1,7% do total) são voltados ao esporte.

Uma das iniciativas foi sugerir ao então Ministro do Esporte, Orlando Silva, alterar o Código de Justiça Desportiva pelo Conselho Nacional do Esporte, órgão que contemplaria a criação da Procuradoria Geral da Justiça Desportiva.

Já as outras três ações são do mesmo assunto: os escândalos na arbitragem do futebol brasileiro. Sobre o caso, ele solicitou o depoimento do então vice-presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, do vice-presidente da CBF à época, Nabi Abi Chedid, e de todos os ex-árbitros e árbitros que faziam parte do quadro da Fifa.

Em uma das leis desportivas de maior debate no Congresso, o Profut, Vicente não foi autor de nenhuma das 181 emendas apresentadas ao texto original da norma.



MaisRecentes

Decisão da Justiça libera construção no terreno do clube Everest



Continue Lendo

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo