Sessão da CPI do Futebol é adiada de novo, e quebras de sigilos ficam para depois



A sessão deliberativa da CPI do Futebol prevista para esta quarta-feira foi adiada novamente devido à convocação de sessão do Congresso para o mesmo horário. Com isso, fica para uma próxima oportunidade a votação dos requerimentos de quebra de sigilo de uma série de nomes ligados à gestão da CBF ou pessoas próximas a dirigentes, como Carolina Galan, ex-namorada de Marco Polo Del Nero.

A CPI também iria analisar, entre outros, o pedido de acesso às contas do Comitê Organizador Local da Copa-2014, de empresários como Kleber Leite e Wagner Abrahão, além das respectivas companhias, Klefer e Grupo Águia.



MaisRecentes

Licenciamento vira argumento de CBF e clubes para minimizar liminar contra exigência de CND



Continue Lendo

CBF faz ‘parte 2’ de reuniões sobre árbitro de vídeo nesta quarta



Continue Lendo

Globo vê obstáculos na ‘pressa’ da CBF para implantar árbitro de vídeo



Continue Lendo