CBF desafia CPI do Futebol a mostrar provas contra Del Nero



Feldman participou ontem do Fórum Legislativo do Futebol, em Brasília (Crédito: Agência Câmara)

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, questionou os motivos que levaram à prorrogação da CPI do Futebol por mais seis meses. Feldman desafiou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que afirmou ter provas contra o presidente Marco Polo Del Nero.

– Quero que mostrem as provas, pois já se passaram 15 dias e nada foi mostrado contra ele”, afirmou o secretário-geral da CBF, que participou ontem do Fórum Legislativo do Futebol, em Brasília.

Rodrigues esteve à frente da iniciativa de buscar o mínimo de assinaturas de senadores para prorrogar a CPI do Futebol ao lado de Romário, que preside a a Comissão que investiga irregularidades na CBF e no Comitê Organizador Local da Copa-2014.

No último dia 13, o senador disse à coluna já ter provas de um “esquema criminoso” envolvendo o presidente da CBF e citou entre as fraudes o depósito de quase R$ 2 milhões na conta de uma ex-namorada de Del Nero feito através de uma empresa fantasma em que o dirigente tem participação. Questionado sobre o fato, Feldman voltou a desafiar os parlamentares da CPI.

– Conseguiram prorrogar a CPI com o mínimo de assinaturas afirmando ter provas concretas mas até agora nada – comentou Feldman.

Sem questionamentos
Após a publicação da nota, Feldman ligou para a coluna afirmando não ter questionado a prorrogação da CPI por conta da falta de documentos.

– Sou parlamentar e nunca questionaria o trabalho que está sendo realizado. O que disse é que não há nenhuma informação sobre os documentos e que a CPI continue suas investigações – afirmou o secretário-geral da CBF.

 

 



MaisRecentes

Clube da China deve fazer proposta ao Palmeiras para contratar Deyverson



Continue Lendo

Bittencourt é o primeiro presidente do Fluminense a apresentar dirigentes da base em Xerém



Continue Lendo

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo