CBF desafia CPI do Futebol a mostrar provas contra Del Nero



Feldman participou ontem do Fórum Legislativo do Futebol, em Brasília (Crédito: Agência Câmara)

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, questionou os motivos que levaram à prorrogação da CPI do Futebol por mais seis meses. Feldman desafiou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que afirmou ter provas contra o presidente Marco Polo Del Nero.

– Quero que mostrem as provas, pois já se passaram 15 dias e nada foi mostrado contra ele”, afirmou o secretário-geral da CBF, que participou ontem do Fórum Legislativo do Futebol, em Brasília.

Rodrigues esteve à frente da iniciativa de buscar o mínimo de assinaturas de senadores para prorrogar a CPI do Futebol ao lado de Romário, que preside a a Comissão que investiga irregularidades na CBF e no Comitê Organizador Local da Copa-2014.

No último dia 13, o senador disse à coluna já ter provas de um “esquema criminoso” envolvendo o presidente da CBF e citou entre as fraudes o depósito de quase R$ 2 milhões na conta de uma ex-namorada de Del Nero feito através de uma empresa fantasma em que o dirigente tem participação. Questionado sobre o fato, Feldman voltou a desafiar os parlamentares da CPI.

– Conseguiram prorrogar a CPI com o mínimo de assinaturas afirmando ter provas concretas mas até agora nada – comentou Feldman.

Sem questionamentos
Após a publicação da nota, Feldman ligou para a coluna afirmando não ter questionado a prorrogação da CPI por conta da falta de documentos.

– Sou parlamentar e nunca questionaria o trabalho que está sendo realizado. O que disse é que não há nenhuma informação sobre os documentos e que a CPI continue suas investigações – afirmou o secretário-geral da CBF.

 

 



MaisRecentes

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo

Pretenso patrocinador do Vasco já foi punido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)



Continue Lendo

Mesmo com prêmio milionário, caso conquiste a Copa do Brasil, Cruzeiro deve fechar o ano no vermelho



Continue Lendo