Árbitro paulista na final da Copa do Brasil agrada presidente do Santos



Modesto não queria um árbitro de fora de São Paulo apitando a final da Copa do Brasil

O sorteio do paulista Luiz Flávio de Oliveira (e não do gaúcho Anderson Daronco) para apitar o primeiro jogo da final da Copa do Brasil deixou o presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, aliviado. O dirigente queria de qualquer jeito que o jogo contra o Palmeiras fosse apitado por um árbitro de São Paulo por entender o rigor do jogo e a rivalidade que os clubes tiveram ao longo deste ano.

– É um trio experiente e competente. Acredito que teremos uma arbitragem de ótimo nível, com condições totais de conduzir a partida da melhor maneira possível. Que seja realizado um grande espetáculo na Vila Belmiro – afirmou o presidente do Santos ao site do clube. (Colaborou Russel Dias)



MaisRecentes

CBF vai se reunir com árbitros para evitar problemas nas rodadas finais do Brasileirão



Continue Lendo

Contestado no São Paulo, Aguirre pode dar lugar a Rogério Ceni no fim da temporada



Continue Lendo

Oposição vai pedir que Diego Alves permaneça no Flamengo



Continue Lendo