Árbitro paulista na final da Copa do Brasil agrada presidente do Santos



Modesto não queria um árbitro de fora de São Paulo apitando a final da Copa do Brasil

O sorteio do paulista Luiz Flávio de Oliveira (e não do gaúcho Anderson Daronco) para apitar o primeiro jogo da final da Copa do Brasil deixou o presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, aliviado. O dirigente queria de qualquer jeito que o jogo contra o Palmeiras fosse apitado por um árbitro de São Paulo por entender o rigor do jogo e a rivalidade que os clubes tiveram ao longo deste ano.

– É um trio experiente e competente. Acredito que teremos uma arbitragem de ótimo nível, com condições totais de conduzir a partida da melhor maneira possível. Que seja realizado um grande espetáculo na Vila Belmiro – afirmou o presidente do Santos ao site do clube. (Colaborou Russel Dias)



MaisRecentes

Advogado que pede anulação da eleição no Vasco representa ex-funcionários em ações contra o clube



Continue Lendo

Decisão da Justiça libera construção no terreno do clube Everest



Continue Lendo

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo