Nordestão terá protocolo igual ao da Série A, e Liga já prevê mais lucro depois de 2018



A CBF vai implantar na Copa do Nordeste o protocolo já utilizado no Brasileirão e fez um seminário de operações com os participantes para isso. O presidente da Liga do Nordeste, Alexi Portela, apoia a iniciativa, mas prevê alguma dificuldade de adaptação, principalmente nas cidades do interior, onde imprensa e dirigentes estão acostumados a ficar ao redor do gramado.

Para Portela, o protocolo é mais um passo de valorização da competição, especialmente em relação à televisão. A Copa do Nordeste tem contrato de TV fechada com o Esporte Interativo até 2022, mas a parte da TV aberta, feita com a Globl, acaba em 2018. Com o fim do vínculo, a expectativa é aumentar o rendimento com direitos de transmissão.



MaisRecentes

Vice geral do Flamengo minimiza discussão com colega de diretoria



Continue Lendo

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo