Clube questiona regulamento da CBF que gerou punição no caso Iago Maidana



O Monte Cristo, clube goiano envolvido no caminho do zagueiro Iago Maidana entre Criciúma e São Paulo, entrou com um Embargo de Declaração no STJD para tentar derrubar a condenação em primeira instância que acarretou em multa de R$ 100 mil para cada clube.

O Monte Cristo alega que o Regulamento de Registro e Transferência, documento no qual o Tribunal se baseou para aplicar a punição, não tem aval devido da Fifa e por isso não pode ser aplicado.

O relator do caso, Luiz Felipe Bulus, pediu explicações à CBF para o julgamento do embargo, que será na segunda-feira.



MaisRecentes

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo

Botafogo-SP cobra isonomia em promoção no confronto contra o Mirassol-SP



Continue Lendo