Inter estima reduzir sua dívida fiscal em R$ 64 mi com o Profut



Vice-presidente jurídico do Internacional esteve à frente dos estudos que definiram a adesão do clube ao Profut (Crédito: Divulgação/Inter)

O Internacional estima reduzir em R$ 64 milhões sua dívida fiscal de R$ 172 milhões junto à União com a adesão ao programa de refinanciamento Profut, cujo Conselho Deliberativo do clube aprovou por unanimidade no início desta semana. “Montamos uma comissão para elaborar um estudo sobre os benefícios do programa e dar base a essa decisão”, explica Giovani Gazen, vice-presidente jurídico do Internacional.

As primeiras parcelas mensais a serem pagas pelo Colorado serão de cerca de R$ 250 mil nos primeiros anos devido ao desconto de 50% proposto pelo Profut nos dois primeiros anos do refinanciamento. Segundo Giovani Gazen, a redução através do programa é mais da metade do que é pago pelo Inter através do Timemania.



MaisRecentes

Globo vê obstáculos na ‘pressa’ da CBF para implantar árbitro de vídeo



Continue Lendo

Procurador do STJD não vê brecha para futura reclamação por causa do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Eurico exalta árbitro de vídeo no Brasileiro: ‘Antes tarde do que nunca’



Continue Lendo