Sport diz que não vai aderir ao Profut e crê em renovação com a Caixa



O Sport decidiu que não vai aderir ao Profut. O clube pernambucano entende que não precisa do programa para equacionar as dívidas com a União e, por isso, não vai se submeter às contrapartidas previstas na Lei.

– Estamos com a situação equacionada. Achamos que a contrapartida é muito grande – avisou o vice-presidente do Leão, Arnaldo de Barros. Se mudar de ideia, o Sport tem até 30 de novembro para aderir.

Mesmo deixando o Profut para escanteio, o Sport acredita que será possível renovar o contrato de patrocínio com a Caixa, cujo vínculo se encerra ao fim de dezembro.

– O que a caixa exige são as certidões. Temos todas – completou Arnaldo, acrescentando que o clube tem mantido em dia os pagamentos fiscais e com os jogadores.



MaisRecentes

Dirigentes do Volta Redonda tentam explicar mistério sobre direitos de Marrony



Continue Lendo

FERJ e Corpo de Bombeiros estudam criar padronização na vistoria dos estádios



Continue Lendo

Piloto Átila Abreu, da Shell V-Power, tem novo patrocinador para a ‘Corrida do Milhão’



Continue Lendo