Clubes articulam pressão na CBF por queda do presidente da comissão de arbitragem após o Brasileiro



Sérgio Corrêa tem sido contestado por causa dos erros de arbitragem (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Já tendo se revoltado individualmente contra o presidente da comissão de arbitragem, Sérgio Corrêa, alguns clubes estão começando a se articular para pressionar, em bloco, a CBF por uma mudança no comando do apito nacional assim que acabar o Brasileirão.

A lista de insatisfeitos tem, por exemplo, Santos, Fluminense, Atlético-MG e Vasco, que não fazem a menor cerimônia em criticar Corrêa publicamente. No entanto, os clubes sabem que é preciso terminar a atual temporada.

A De Prima tentou contato por telefone com Sérgio Corrêa, mas ele não atendeu as ligações.



MaisRecentes

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo