Dirigente reativa movimento por aumento de participantes e novo critério de participação nas Séries C e D



O presidente da Federação Amazonense, Dissica Valerio Thomaz, resolveu retomar um projeto adormecido de deixar mais “nacional” as Séries C e D. A ideia do dirigente é que os participantes das duas competições sejam definidos pelos estaduais. Na C, 27 campeões, mais cinco melhores classificados no ranking da CBF. Na D, 27 vices e outros cinco vindos do ranking.

Dissica diz que tem apoio de colegas das federações do Norte e Nordeste do país. Ele afirma que a iniciativa é para evitar que os estados do Sul e do Sudeste dominem também as Séries inferiores do futebol nacional. Segundo o dirigente, que na quarta-feira esteve em audiência da CPI do Futebol, em Brasília, o assunto foi abordado na CBF após a assembleia geral.



MaisRecentes

Futebol americano: NFL e Microsoft ampliam parceria de atuação digital



Continue Lendo

Delta torna-se o primeiro parceiro da Olimpíada de Los Angeles-2028



Continue Lendo