Dirigente reativa movimento por aumento de participantes e novo critério de participação nas Séries C e D



O presidente da Federação Amazonense, Dissica Valerio Thomaz, resolveu retomar um projeto adormecido de deixar mais “nacional” as Séries C e D. A ideia do dirigente é que os participantes das duas competições sejam definidos pelos estaduais. Na C, 27 campeões, mais cinco melhores classificados no ranking da CBF. Na D, 27 vices e outros cinco vindos do ranking.

Dissica diz que tem apoio de colegas das federações do Norte e Nordeste do país. Ele afirma que a iniciativa é para evitar que os estados do Sul e do Sudeste dominem também as Séries inferiores do futebol nacional. Segundo o dirigente, que na quarta-feira esteve em audiência da CPI do Futebol, em Brasília, o assunto foi abordado na CBF após a assembleia geral.



MaisRecentes

‘Rainbow Six Pro League’, no Rio de Janeiro, neste fim de semana, terá premiação milionária



Continue Lendo

Superintendente garante que não há obstáculos para construir no campo do Everest



Continue Lendo

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo