Na assembleia da CBF, duelo de dirigentes e Kalil esvaziado



Alguns presidentes de federação se surpreenderam com a postura serena de Rubens Lopes, da Ferj, na assembleia geral. Opositor mais ferrenho, não foi ele quem colocou mais obstáculos para a Primeira Liga, segundo os relatos.

O clima ficou mais tenso na discussão entre Delfim Peixoto, da Federação Catarinense, e o pernambucano Evandro Carvalho. Evandro, no entanto, disse que o momento foi apenas de “pontos de vistas institucionais opostos”,

Após a assembleia ficou explícito que a CBF não quer mais que o CEO Alexandre Kalil, que quase deixou o cargo na semana passada, seja interlocutor dos assuntos relacionados à Primeira Liga. A próxima reunião será encabeçada pelo presidente do bloco, Gilvan Tavares, ainda sem data definida.



MaisRecentes

Torcedor do Fortaleza poderá ajudar a melhorar CT através da conta de energia



Continue Lendo

Abel Braga perde apoio de parte do elenco do Flamengo



Continue Lendo

Conmebol e autoridades discutem segurança nas partidas de futebol



Continue Lendo