Na assembleia da CBF, duelo de dirigentes e Kalil esvaziado



Alguns presidentes de federação se surpreenderam com a postura serena de Rubens Lopes, da Ferj, na assembleia geral. Opositor mais ferrenho, não foi ele quem colocou mais obstáculos para a Primeira Liga, segundo os relatos.

O clima ficou mais tenso na discussão entre Delfim Peixoto, da Federação Catarinense, e o pernambucano Evandro Carvalho. Evandro, no entanto, disse que o momento foi apenas de “pontos de vistas institucionais opostos”,

Após a assembleia ficou explícito que a CBF não quer mais que o CEO Alexandre Kalil, que quase deixou o cargo na semana passada, seja interlocutor dos assuntos relacionados à Primeira Liga. A próxima reunião será encabeçada pelo presidente do bloco, Gilvan Tavares, ainda sem data definida.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo