Globo assegura aumento e vai pagar pelo menos R$ 500 milhões pelo pay-per-view



Os 18 clubes do Brasileirão detentores de contrato a longo prazo de direitos televisivos com a Globo estiveram reunidos com a emissora nesta terça-feira em São Paulo e ouviram da direção da empresa que estão assegurados para o próximo contrato o pagamento de pelo menos R$ 500 milhões por temporada pelo montante geral referente ao pay-per-view.

Segundo já afirmou em ocasião anterior Marcelo Campos Pinto, diretor da Globo Esportes, o contrato atual prevê pagamento de R$ 450 milhões para a transmissão em TV fechada.

A reunião serviu para que a Globo apresentasse os números das pesquisas utilizadas para definir os critérios de distribuição das cotas de TV fechada. Há um consenso entre os clubes que é necessário rever a forma de distribuição do dinheiro. A discussão será retomada em duas semanas, em mais um encontro marcado para São Paulo.

Teve presidente de clube ficando surpreso na reunião com o fato de até os presidentes de Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, e Vasco, Eurico Miranda, terem concordado sobre a necessidade de um instrumento melhor de medição sobre audiência e critérios de distribuição da verba do pay-per-view. A “parceria” surpreende ainda mais em tempos de discussão sobre Carioca e Sul-Minas-Rio.



MaisRecentes

Clube da China deve fazer proposta ao Palmeiras para contratar Deyverson



Continue Lendo

Bittencourt é o primeiro presidente do Fluminense a apresentar dirigentes da base em Xerém



Continue Lendo

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo