Globo assegura aumento e vai pagar pelo menos R$ 500 milhões pelo pay-per-view



Os 18 clubes do Brasileirão detentores de contrato a longo prazo de direitos televisivos com a Globo estiveram reunidos com a emissora nesta terça-feira em São Paulo e ouviram da direção da empresa que estão assegurados para o próximo contrato o pagamento de pelo menos R$ 500 milhões por temporada pelo montante geral referente ao pay-per-view.

Segundo já afirmou em ocasião anterior Marcelo Campos Pinto, diretor da Globo Esportes, o contrato atual prevê pagamento de R$ 450 milhões para a transmissão em TV fechada.

A reunião serviu para que a Globo apresentasse os números das pesquisas utilizadas para definir os critérios de distribuição das cotas de TV fechada. Há um consenso entre os clubes que é necessário rever a forma de distribuição do dinheiro. A discussão será retomada em duas semanas, em mais um encontro marcado para São Paulo.

Teve presidente de clube ficando surpreso na reunião com o fato de até os presidentes de Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, e Vasco, Eurico Miranda, terem concordado sobre a necessidade de um instrumento melhor de medição sobre audiência e critérios de distribuição da verba do pay-per-view. A “parceria” surpreende ainda mais em tempos de discussão sobre Carioca e Sul-Minas-Rio.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo