Comportamento de ‘troglodita’ de Kalil incomoda dirigente: ‘Cara feia é fome’



O comportamento do CEO da Liga Sul-Minas-Rio tem perturbado alguns dirigentes de federação, como é o caso do pernambucano Evandro Carvalho, que defende.

– A Liga tinha que exonerá-lo de imediato – em referência à postura de “troglodita”, como classificou Evandro:

– Cara feia é fome.

Apesar da antipatia com o comportamento do atleticano, que não afeta a todos os mandatários estaduais, o aval na assembleia geral de hoje é uma realidade muito possível.



MaisRecentes

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo