Comportamento de ‘troglodita’ de Kalil incomoda dirigente: ‘Cara feia é fome’



O comportamento do CEO da Liga Sul-Minas-Rio tem perturbado alguns dirigentes de federação, como é o caso do pernambucano Evandro Carvalho, que defende.

– A Liga tinha que exonerá-lo de imediato – em referência à postura de “troglodita”, como classificou Evandro:

– Cara feia é fome.

Apesar da antipatia com o comportamento do atleticano, que não afeta a todos os mandatários estaduais, o aval na assembleia geral de hoje é uma realidade muito possível.



MaisRecentes

Rodrigo Caetano surge como opção caso Alexandre Mattos deixe o Palmeiras



Continue Lendo

Caso vire empresa, investidores podem quitar dívida do Botafogo em até cinco anos



Continue Lendo

Conselheiros do Vasco vão pedir explicação formal a Campello sobre recusa a novos sócios



Continue Lendo