‘Racionamento’ de PMs muda segurança do Maracanã e clubes se preocupam



O esquema de segurança do Maracanã vai sofrer mudanças nos jogos do fim de semana. É que o Gepe está com efetivo menor e por causa disso terá o reforço dos agentes de segurança privada na revista dos torcedores feita na entrada do estádio. A redução de efetivo é porque a PM está regulando mais as folgas do contingente, o que tem gerado uma racionalização do efetivo.

Os clubes não gostaram da transferência de responsabilidade na hora da revista. Nas atas das reuniões de organização do esquema de jogo feitas na Ferj, tanto Fluminense quanto Vasco fizeram questão de registrar que “não se responsabiliza por qualquer elemento armado ou objeto não autorizado” no estádio. O Gepe, por outro lado, garante que não há risco de segurança.



MaisRecentes

Dirigentes do Volta Redonda tentam explicar mistério sobre direitos de Marrony



Continue Lendo

FERJ e Corpo de Bombeiros estudam criar padronização na vistoria dos estádios



Continue Lendo

Piloto Átila Abreu, da Shell V-Power, tem novo patrocinador para a ‘Corrida do Milhão’



Continue Lendo