Ifab entende que comunicação com árbitro de vídeo tem que ser via de mão dupla



Os membros do painel do Ifab, que, segundo a CBF, receberam bem o projeto do uso de árbitro de vídeo (AV), fizeram uma ressalva durante a reunião da semana passada sobre o tema. Eles querem que o árbitro principal tenha a prerrogativa de chamar o AV para tirar dúvida em um lance no qual não se sinta seguro e não apenas receba um parecer em lances capitais.

A decisão final sobre a implantação ou não dos testes com árbitro de vídeo no Brasil será tomada em março.



MaisRecentes

Caso vire empresa, investidores podem quitar dívida do Botafogo em até cinco anos



Continue Lendo

Conselheiros do Vasco vão pedir explicação formal a Campello sobre recusa a novos sócios



Continue Lendo

Conselheiros do Palmeiras cobram diretor de futebol Alexandre Mattos



Continue Lendo