Caixa não pretende patrocinar clube que não aderir ao Profut



A Caixa Econômica Federal, segundo fontes ligadas ao governo, está decidida a não renovar os contratos de patrocínio com os clubes que não aderirem ao Profut, o programa de refinanciamento das dívidas com a União, mediante contrapartidas. O prazo para definição sobre adesão se encerra no dia 30 de novembro e a primeira parcela deverá ser paga ainda em 2015.

Atualmente, a Caixa é uma grande financiadora do futebol nacional – R$ 100 milhões –, mantendo contrato com sete clubes da Série A, entre eles Flamengo e Corinthians.



MaisRecentes

Futebol americano: NFL e Microsoft ampliam parceria de atuação digital



Continue Lendo

Delta torna-se o primeiro parceiro da Olimpíada de Los Angeles-2028



Continue Lendo