Caixa não pretende patrocinar clube que não aderir ao Profut



A Caixa Econômica Federal, segundo fontes ligadas ao governo, está decidida a não renovar os contratos de patrocínio com os clubes que não aderirem ao Profut, o programa de refinanciamento das dívidas com a União, mediante contrapartidas. O prazo para definição sobre adesão se encerra no dia 30 de novembro e a primeira parcela deverá ser paga ainda em 2015.

Atualmente, a Caixa é uma grande financiadora do futebol nacional – R$ 100 milhões –, mantendo contrato com sete clubes da Série A, entre eles Flamengo e Corinthians.



MaisRecentes

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo