Dirigente manda recado à Sul-Minas-Rio: ‘Não é pelada, que reúne meia dúzia e faz’



Apesar de não se opor à iniciativa dos clubes de organizarem a Sul-Minas-Rio, o presidente da Federação Paranaense, Hélio Cury, fez questão de externalizar a desaprovação em relação à postura dos cartolas da Liga, que avisou que vai realizar a competição em 2016 custe o que custar, independentemente do apoio ou não das federações estaduais e da CBF.

– O encaminhamento foi um pouco forçado, desrespeitando as federações, não conversando com ninguém. Isso foi uma incoerência. Faltou sensibilidade e respeito – disse Cury, que emendou:

– Não é pelada, que reúne meia dúzia de clubes e faz.

O dirigente paranaense, que não tem a simpatia dos presidentes de Atlético-PR e Coritiba, ainda condicionou o voto a favor na assembleia geral da CBF, terça-feira, a uma apresentação mais estruturada da competição da Liga.



MaisRecentes

Final da Libertadores desperta interesse do espectador brasileiro e audiência explode



Continue Lendo

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo