Além de SC, MG e RS apoiam Sul-Minas-Rio; PR faz ressalva, e Ferj se isola como inimiga



Se a CBF levar em conta as federações dos clubes envolvidos na Sul-Minas-Rio, não há motivo – por maioria de votos – de vetar a competição.

Além do apoio desde o início dado pela Federação Catarinense, as Federações do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais decidiram que vão dar aval à competição.

A Federação Paranaense também concorda com a disputa, apesar da ressalva do “modus operandi” dos dirigentes na articulação da competição.

Com isso, a Ferj fica isolada em relação às outras federações, sendo a única “inimiga declarada” da disputa.

O apoio de Minas se confirmou na tarde desta terça-feira, em reunião na sede da FMF com os 12 clubes da Série A do estado. O placar da votação foi 8 a 3 a favor da Sul-Minas-Rio.

– O Castellar Neto colocou em votação. Tivemos 8 a 3. A Federação deu aval – afirmou Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG.

O presidente da Federação Gaúcha, Francisco Novelletto, que esteve com Alexandre Kalil, CEO da Liga, cravou:

– Não posso rachar com Grêmio e Inter.

Já o paranaense Hélio Cury fez um adendo:

– O encaminhamento foi um pouco forçado, desrespeitando as federações, não conversando com ninguém. Mas nunca fui contra, não sou contra ao que venha melhorar o futebol.



MaisRecentes

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo

Possibilidade de apoio de Euriquinho gera desconforto no grupo Sempre Vasco



Continue Lendo

Filho de Cristiano Ronaldo pode atuar em competição de base no Brasil



Continue Lendo