Além de SC, MG e RS apoiam Sul-Minas-Rio; PR faz ressalva, e Ferj se isola como inimiga



Se a CBF levar em conta as federações dos clubes envolvidos na Sul-Minas-Rio, não há motivo – por maioria de votos – de vetar a competição.

Além do apoio desde o início dado pela Federação Catarinense, as Federações do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais decidiram que vão dar aval à competição.

A Federação Paranaense também concorda com a disputa, apesar da ressalva do “modus operandi” dos dirigentes na articulação da competição.

Com isso, a Ferj fica isolada em relação às outras federações, sendo a única “inimiga declarada” da disputa.

O apoio de Minas se confirmou na tarde desta terça-feira, em reunião na sede da FMF com os 12 clubes da Série A do estado. O placar da votação foi 8 a 3 a favor da Sul-Minas-Rio.

– O Castellar Neto colocou em votação. Tivemos 8 a 3. A Federação deu aval – afirmou Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG.

O presidente da Federação Gaúcha, Francisco Novelletto, que esteve com Alexandre Kalil, CEO da Liga, cravou:

– Não posso rachar com Grêmio e Inter.

Já o paranaense Hélio Cury fez um adendo:

– O encaminhamento foi um pouco forçado, desrespeitando as federações, não conversando com ninguém. Mas nunca fui contra, não sou contra ao que venha melhorar o futebol.



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo