Agora sem CBF, Liga Sul-Minas-Rio fala em ser o ‘filé’ do primeiro semestre



Divorciada com a CBF após a reunião na sede da entidade, a Liga Sul-Minas-Rio, segundo o CEO Alexandre Kalil, quer usar as 19 datas (mesmo número que tem os Estaduais) para ser o “filé mignon” do primeiro semestre no calendário do futebol nacional, com um produto de maior duração.

Kalil ainda acredita que a Liga, ainda que caminhe com as próprias pernas, siga despertando o interesse já revelado pelas TVs.

A tabela prevista inicialmente era com 12 datas, depois foi reduzida para cinco, após reunião na CBF. Já que não há acordo entre as partes, a ideia que será debatida na próxima sexta-feira, em Belo Horizonte, é esticar o calendário, com estreia, por ora, no dia 28 de janeiro.



MaisRecentes

Clube da China deve fazer proposta ao Palmeiras para contratar Deyverson



Continue Lendo

Bittencourt é o primeiro presidente do Fluminense a apresentar dirigentes da base em Xerém



Continue Lendo

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo