Agora sem CBF, Liga Sul-Minas-Rio fala em ser o ‘filé’ do primeiro semestre



Divorciada com a CBF após a reunião na sede da entidade, a Liga Sul-Minas-Rio, segundo o CEO Alexandre Kalil, quer usar as 19 datas (mesmo número que tem os Estaduais) para ser o “filé mignon” do primeiro semestre no calendário do futebol nacional, com um produto de maior duração.

Kalil ainda acredita que a Liga, ainda que caminhe com as próprias pernas, siga despertando o interesse já revelado pelas TVs.

A tabela prevista inicialmente era com 12 datas, depois foi reduzida para cinco, após reunião na CBF. Já que não há acordo entre as partes, a ideia que será debatida na próxima sexta-feira, em Belo Horizonte, é esticar o calendário, com estreia, por ora, no dia 28 de janeiro.



MaisRecentes

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo