Ex-VP geral do São Paulo reúne aliados para explicar rompimento com Aidar



Casares enviou carta de apoio à candidatura de Leco na última terça-feira

Antes de enviar uma carta de apoio à candidatura para presidente do São Paulo a Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, na última terça-feira, o ex-vice-presidente geral do clube, Julio Casares, se reuniu com os cerca de 20 conselheiros de seu grupo político “Participação”. O principal assunto do encontro foi o rompimento com o ex-presidente Carlos Miguel Aidar, com quem atuou por 18 meses.

Casares e outros diretores do grupo político decidiram romper com ex-presidente são-paulino após a briga de Aidar com o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, e as denúncias de desvio de dinheiro pelo ex-mandatário do clube em negociações de jogadores.

Sobre a carta enviada a Leco, presidente provisório do São Paulo e favorito a comandar o clube até abril de 2017, Casares diz que não pretende e nem tem interesse em assumir um novo cargo na diretoria são-paulina.



  • LEÃO SOBERANO

    Mais um aproveitador, rompeu com o Aidar porque viu que o cara ia cair em desgraça……!!!!!!?????

  • PH BARR

    Vaza e não volta mais! Ficou calado todo esse tempo, vendo o SPFC perder patrocinadores por conta de comissão e nada fez, foi omisso.

MaisRecentes

Orçamento de 2018 está sob análise dos conselhos do Flamengo



Continue Lendo

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo