Clubes se uniram para ter selecionáveis em campo pelo Brasileirão



Elias jogou pela Seleção na última terça-feira e atuará pelo Corinthians hoje à noite

Elias jogou pela Seleção na última terça-feira e atuará pelo Corinthians hoje à noite

Os diretores jurídicos dos clubes que tiveram atletas jogando pelas Seleções principal e olímpica nesta semana atuaram em conjunto para ter os jogadores em campo no Brasileirão. Ao menos quatro clubes (Palmeiras, Corinthians, Santos e Inter) enviaram ofícios com a mesma redação à CBF solicitando uma autorização para os atletas jogarem com um tempo menor que as 60 horas mínimas entre jogos oficiais, conforme consta no Regulamento Geral de Competições. A liberação foi enviada ontem à tarde aos clubes.

Nos jogos de ontem, Gabriel Jesus (Palmeiras) e Valdívia (Inter) entraram em campo após 48 horas de terem jogado pela Seleção olímpica, na última segunda-feira. Já nas partidas de hoje, Elias (Corinthians) e Lucas Lima (Santos) jogarão após defender a Seleção principal pelas Eliminatórias, na noite de terça.

Para obter a liberação dos atletas junto à CBF, os clubes utilizaram uma brecha no artigo 25 do Regulamento Geral de Competições da entidade. No texto está que “em casos excepcionais, a diretoria da CBF, de forma fundamentada e amparada em autorização médica, poderá autorizar a participação de atletas sem a observância do intervalo mínimo”.

A iniciativa dos diretores jurídicos de atuar em conjunto nas questões que envolvem mais de um clube foi conversada pela primeira vez no último dia 25 de setembro. Na ocasião, os profissionais do departamento jurídico dos clubes se reuniram em Porto Alegre para discutir a regulamentação do serviço disponibilizado pela Receita Federal para os times de futebol aderirem ao Profut para parcelarem suas dívidas fiscais.

O evento em Porto Alegre, no mês passado, foi idealizado pela diretoria do Internacional. Desde então, um outro encontro dos diretores jurídicos dos clubes já ocorreu na sede do Palmeiras e um novo evento da categoria já está sendo estudado para ser realizado até novembro, quando termina o prazo para os clubes aderirem ao Profut. O mais provável é que o encontro ocorra em Salvador tendo como anfitrião o Bahia.



MaisRecentes

Del Nero estava em reunião quando soube de suspensão. E não pode pisar na CBF



Continue Lendo

Ideia de biometria em setor de organizadas não entra em regulamento da CBF



Continue Lendo

Licitação dará destino a direitos da Copa América que eram da Datisa



Continue Lendo