Liga Sul-Minas-Rio fecha as portas para novos clubes



Diretor-executivo da Liga, Kalil esteve reunido ontem com os representantes dos 15 clubes que integram a entidade

O aval da CBF para a Liga Sul-Minas-Rio realizar seu torneio já no início de 2016 não alterará o número atual de clubes que fazem parte da entidade. A possibilidade de novos integrantes ingressarem – principalmente os times paulistas – foi descartada na reunião ocorrida na última quinta-feira, em Curitiba, que contou com representantes de todos os 15 clubes signatários da nova Liga.

A iniciativa deliberada no encontro visa evitar, como diz o ditado, “dar um passo maior do que a perna”. No momento, o objetivo da Liga é tirar a competição do papel e torná-la rentável para ser um complemento às receitas obtidas com os torneios estaduais. Depois da primeira edição, e dos resultados obtidos com o torneio, entretanto, é que as portas da Liga Sul-Minas-Rio se abrirão para a entrada de novos clubes.

Atualmente, fazem parte da entidade os clubes: Grêmio, Internacional, Atlético-PR, Coritiba, Paraná, Figueirense, Avaí, Chapecoense, Criciúma, Joinville, Flamengo, Fluminense, Atlético-MG, Cruzeiro e América-MG.



MaisRecentes

Clube da China deve fazer proposta ao Palmeiras para contratar Deyverson



Continue Lendo

Bittencourt é o primeiro presidente do Fluminense a apresentar dirigentes da base em Xerém



Continue Lendo

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo