Liga Sul-Minas-Rio fecha as portas para novos clubes



Diretor-executivo da Liga, Kalil esteve reunido ontem com os representantes dos 15 clubes que integram a entidade

O aval da CBF para a Liga Sul-Minas-Rio realizar seu torneio já no início de 2016 não alterará o número atual de clubes que fazem parte da entidade. A possibilidade de novos integrantes ingressarem – principalmente os times paulistas – foi descartada na reunião ocorrida na última quinta-feira, em Curitiba, que contou com representantes de todos os 15 clubes signatários da nova Liga.

A iniciativa deliberada no encontro visa evitar, como diz o ditado, “dar um passo maior do que a perna”. No momento, o objetivo da Liga é tirar a competição do papel e torná-la rentável para ser um complemento às receitas obtidas com os torneios estaduais. Depois da primeira edição, e dos resultados obtidos com o torneio, entretanto, é que as portas da Liga Sul-Minas-Rio se abrirão para a entrada de novos clubes.

Atualmente, fazem parte da entidade os clubes: Grêmio, Internacional, Atlético-PR, Coritiba, Paraná, Figueirense, Avaí, Chapecoense, Criciúma, Joinville, Flamengo, Fluminense, Atlético-MG, Cruzeiro e América-MG.



MaisRecentes

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Técnico brasileiro Milton Mendes renova mais alta licença da Uefa para técnicos



Continue Lendo