Direito de arena aos árbitros volta a ser discutido no Congresso



Repasse de 0,5% da verba de TV para os árbitros foi alvo de protestos da categoria durante o Brasileirão deste ano

Vetado no Profut, o repasse de 0,5% da verba dos direitos de transmissão como direito de arena para os árbitros de futebol voltou a ser discutido no Congresso. A medida está incluída no substitutivo apresentado pelo deputado e ex-árbitro Evandro Roman (PSD-PR), que foi aprovado nesta sexta-feira pela Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados.

– É o mesmo conteúdo que havia no Profut pois essa proposta já foi debatida por dirigentes e representantes de entidades. Dessa forma, ela não precisa ser debatida novamente – afirmou o deputado à coluna.

A proposta de Roman inclui a categoria de árbitros à proposta inicial do senador Alfredo Nascimento (PR-AM), cujo projeto de lei propõe a divulgação em sites eletrônicos da lista completa de todos os atletas participantes de um evento esportivo em até 48 horas. A iniciativa do senador, que agora passa a incluir os árbitros, é dar maios transparência à distribuição de direito de arena.

No Profut, o pagamento de direito de arena aos árbitros foi aprovado tanto pela Câmara como pelo Senado mas foi vetado pela presidente Dilma.



MaisRecentes

Futebol americano: NFL e Microsoft ampliam parceria de atuação digital



Continue Lendo

Delta torna-se o primeiro parceiro da Olimpíada de Los Angeles-2028



Continue Lendo