Conselheiros do Vasco não descartam ir à justiça por transparência nos empréstimos



Requerimento foi destinado ao presidente do Vasco, Eurico Miranda (foto), e ao presidente do Conselho Deliberativo, Luis Fernandes

Expira na próxima quarta, dia 7, o prazo dado por conselheiros para a diretoria do Vasco disponibilizar na secretaria do clube os contratos de empréstimos contraídos no segundo semestre de 2014.

O requerimento, protocolado no dia 23 de setembro, foi assinado por 22 conselheiros e destinado ao presidente do Vasco, Eurico Miranda, e ao presidente do Conselho Deliberativo, Luís Fernandes.

Os conselheiros alegam que na reunião que aprovou os empréstimos não foram apresentados “elementos suficientes para a ratificação” e que a não divulgação das informações infringe não só o estatuto do Vasco como também a Lei Pelé.

Segundo um dos conselheiros que assinou o requerimento, o diálogo é sempre o melhor caminho mas “a justiça é um caminho natural para defender o clube”.



MaisRecentes

Diretor da Chape compara permanência na Série A a título da Champions League



Continue Lendo

Botafogo sai da lista de clubes formadores da CBF. Coritiba retorna



Continue Lendo

Entidades buscam nome para preencher vaga no Tribunal Antidopagem



Continue Lendo