Arbitragem terá ‘caixa-preta’ para uso de vídeo nos jogos de futebol



Comunicação entre o árbitro de campo e o auxiliar de vídeo será apenas em lances capitais da partida

Avançando no projeto de implantação do árbitro de vídeo, a CBF já decidiu que vai fazer uma espécie de caixa preta da comunicação com o árbitro principal nas partidas. A comissão de árbitros da entidade, inclusive, teve reuniões nesta semana e tratou do assunto. A ideia é ter uma prova que a comunicação entre os árbitros de vídeo e quem está no campo seja somente em lances capitais, como está listado no projeto, e não que haja uma “voz da consciência” constante no árbitro.

Além disso, a CBF ainda está estudando qual o perfil será utilizado para a estipulação do quadro de árbitros de vídeo. A certeza de momento é que ele terá uma cabine exclusiva para si, na qual analisará os lances necessários. Responsável pela regulamentação das regras no futebol, a IFAB já deixou claro que, caso aprove os testes dos árbitros de vídeo, o Brasil fará parte.



MaisRecentes

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo