Arbitragem terá ‘caixa-preta’ para uso de vídeo nos jogos de futebol



Comunicação entre o árbitro de campo e o auxiliar de vídeo será apenas em lances capitais da partida

Avançando no projeto de implantação do árbitro de vídeo, a CBF já decidiu que vai fazer uma espécie de caixa preta da comunicação com o árbitro principal nas partidas. A comissão de árbitros da entidade, inclusive, teve reuniões nesta semana e tratou do assunto. A ideia é ter uma prova que a comunicação entre os árbitros de vídeo e quem está no campo seja somente em lances capitais, como está listado no projeto, e não que haja uma “voz da consciência” constante no árbitro.

Além disso, a CBF ainda está estudando qual o perfil será utilizado para a estipulação do quadro de árbitros de vídeo. A certeza de momento é que ele terá uma cabine exclusiva para si, na qual analisará os lances necessários. Responsável pela regulamentação das regras no futebol, a IFAB já deixou claro que, caso aprove os testes dos árbitros de vídeo, o Brasil fará parte.



MaisRecentes

Conselheiros do Vasco criticam atuação de diretor de futebol



Continue Lendo

Árbitros da Ferj estão sem receber parte dos pagamentos



Continue Lendo

Fora de São Paulo, Paraná lidera número de visitantes na Arena Corinthians



Continue Lendo