CBF corre para marcar jogo da Seleção olímpica em outubro



Rogério Micale ajuda Dunga na Olímpica e Damiani comanda a base, reportando a Gilmar Rinaldi (Foto: Rafael Ribeiro)

Rogério Micale ajuda Dunga na Olímpica e Damiani comanda a base, reportando a Gilmar Rinaldi (Foto: Rafael Ribeiro)

O departamento de seleções da CBF está mobilizado nesta segunda-feira para tentar marcar algum compromisso do time olímpico para as duas datas Fifa do início de outubro, cujo período de liberação começa semana que vem.

A entidade tinha anunciado anteriormente que a convocação da equipe sub-23 seria em 18 de setembro, dia seguinte à divulgação da lista da principal, mas a lista não saiu.

A CBF estava negociando com alguns adversários europeus, como Inglaterra, Dinamarca e Suécia. Mas as partidas não foram confirmadas.

Como a cartada final só está sendo dada nesta semana, o técnico Rogério Micale (que segue o comando de Dunga, que estará com a principal) corre o risco de não poder contar com o time ideal, já que deveria ter pedido a liberação dos jogadores que atuam no exterior 15 dias antes da apresentação – que, no planejamento ideal, seria no dia 4. A solução, caso a partida se confirme, pode ser chamar a garotada que atua em território nacional.



MaisRecentes

Globo vê obstáculos na ‘pressa’ da CBF para implantar árbitro de vídeo



Continue Lendo

Procurador do STJD não vê brecha para futura reclamação por causa do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Eurico exalta árbitro de vídeo no Brasileiro: ‘Antes tarde do que nunca’



Continue Lendo