Além de CPI do Futebol, CBF também será chamada a Brasília para depor sobre Olimpíada



Del Nero será convidado para falar sobre preparação da Seleção olímpica em audiência pública no Congresso

Não será apenas para a CPI do Futebol que a CBF será convidada para depor no Congresso, em Brasília. A entidade que comanda o futebol brasileiro também está na lista de confederações incluídas para prestar esclarecimentos sobre a preparação dos atletas que disputarão os Jogos Olímpicos Rio-2016. Na ocasião, o convite será feito ao presidente da CBF, Marco Polo Del Nero.

Os debates são promovidos pela Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados e foram solicitados pelo deputado João Derly (PcdoB-RS), ex-judoca que foi campeão mundial em 2005 e que é o relator da Subcomissão Especial para a realização das Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016.

Além da CBF, outras treze entidades terão seus representantes convidados para falar sobre a preparação dos atletas nas audiências públicas. A primeira delas ocorre na próxima quinta-feira, dia 1º, com os presidentes das confederações de Boxe, Mauro José da Silva, e de Ciclismo, José Luiz Vasconcellos.



  • tupiniquim press

    A festança com o dinheiro público começou. Os clubes que quiserem parcelar suas dívidas com o governo em 20 anos podem agir. E ter indecente desconto. Em vez de pagar R$ 4 bilhões, a pechincha. Basta devolver R$ 1,7 bilhão…

    Pronto. Foi publicada no Diário Oficial da União. A populista manobra da presidente Dilma Rousseff para agradar os irresponsáveis, incompetentes e, até alguns, corruptos dirigentes de futebol deste Brasil. Ao contrário de muitas empresas que fecham as portas e declaram falência nesta crise, dever impostos e não pagar a Receita Federal por décadas nada significa aos clubes.Conduzida pela bancada da Bola, deputados, senadores, ministros, de todos os partidos, convenceram Dilma. Além de parcelar a dívida de R$ 4 bilhões que os clubes deviam ao governo, ela deveria fazer mais. Dar incríveis descontos que para quem aderir à sua medida provisória. Além de 20 anos de parcelamento, a revelação. Se os clubes tiverem a decência de pagarem em dia, a dívida cai para R$ 1,7 bilhão. R$ 2,3 bilhões de desconto. É uma vergonhosa farra com o dinheiro público.

    Por que tanto agrado? Entusiasmo de Dilma pela maneira com que Marco Polo del Nero comanda a CBF? Pelas convocações de Dunga e Gilmar Rinaldi? A certeza da honestidade com que os dirigentes conduzirão seus clubes?

    Nada disso. O índice de aprovação de Dilma Rousseff era de 8% em agosto. A tendência é que tenha caído ainda mais. Deverá ser a presidente mais rejeitada da história desse país. Conseguiu ganhar de Collor na época do impeachment. Seus assessores estão desesperados por medidas populistas, que a façam ter a mínima sustentação política para cumprir seu mandato. Sem que o fogo atinja seu helicóptero por inteiro.

    Oportunidade para os aproveitadores de plantão. A bancada da Bola implorou pelo indecente refinanciamento da dívida dos clubes com a União. Pena que Santa Casas, hospitais e universidades não tenham representantes tão competentes. Dilma se apressou em aceitar as sugestões. E ainda posou como moralizadora do futebol nacional. Iludida, ingênua, alienada.

    …………….. ESSAS NOTÍCIAS VC NÃO LÊ AQUI NA COLUNA, MAS QUALQUER NOTÍCIA MEQUETREFE NEGATIVA DO PALMEIRAS, VC LÊ.

    INTERESSANTE.

MaisRecentes

Del Nero estava em reunião quando soube de suspensão. E não pode pisar na CBF



Continue Lendo

Ideia de biometria em setor de organizadas não entra em regulamento da CBF



Continue Lendo

Licitação dará destino a direitos da Copa América que eram da Datisa



Continue Lendo