Futebol brasileiro terá oito mil testes antidoping por ano



Atualmente, testes antidoping do futebol brasileiro são realizados no exterior, como na Colômbia e Estados Unidos

A partir de 2016, o futebol brasileiro realizará cerca de oito mil testes antidoping por ano. A previsão é do secretário nacional da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), Marco Aurelio Klein, para os exames que serão realizados no Laboratório brasileiro localizado no Rio de Janeiro, que foi recredenciado junto à Agência Internacional Anti-Doping (WADA) no final de maio.

Atualmente, os testes antidoping do futebol brasileiro ainda são feitos no exterior, como Colômbia e Estados Unidos.

Desde o recredenciamento junto à Wada, em maio, o laboratório brasileiro já recebeu 800 amostras entre urina e sangue para testes, todos eles de modalidades olímpicas com exceção ao futebol.

– Até o fim do ano, é possível que cheguemos a 1,5 mil testes – diz o secretário nacional da ABCD.

Para 2016, a expectativa é que o local realize 4 mil exames, com metade deles sendo realizado fora do período de competições.



MaisRecentes

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo

Pretenso patrocinador do Vasco já foi punido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)



Continue Lendo

Mesmo com prêmio milionário, caso conquiste a Copa do Brasil, Cruzeiro deve fechar o ano no vermelho



Continue Lendo