Corrida marca protesto por reforma do estádio de atletismo Célio de Barros



Estádio de atletismo serviu de estacionamento durante a Copa-2014

A cada dois meses, um grupo de ex-atletas corre ao redor do complexo esportivo do Maracanã, que além do estádio abrange também o ginásio do Maracanãzinho, o complexo aquático Júlio Delamare e o estádio de atletismo Célio de Barros.

Quem vê o grupo de corredores pensa que é apenas um treino para manter a forma física. Mas a atividade é feita, principalmente, como forma de protesto para o descaso com estruturas esportivas da cidade que sediará as Olimpíadas.

A corrida do grupo ocorre desde o dia 9 de janeiro de 2013, quando a pista de atletismo do estádio Célio de Barros foi destruída para dar lugar a estacionamento para ser utilizado na Copa-2014.

Enquanto os atletas não têm uma pista de atletismo para treinar no Rio, os protestos vão ocorrendo. O próximo será dia 22 de novembro.



MaisRecentes

Levir Culpi x Fluminense: processo vira segredo de Justiça



Continue Lendo

Copa América-2019: Impasse contratual aumenta atraso na organização



Continue Lendo

‘Momento é delicado e precisamos reorganizar o esporte’, avalia João Derly



Continue Lendo