Corrida marca protesto por reforma do estádio de atletismo Célio de Barros



Estádio de atletismo serviu de estacionamento durante a Copa-2014

A cada dois meses, um grupo de ex-atletas corre ao redor do complexo esportivo do Maracanã, que além do estádio abrange também o ginásio do Maracanãzinho, o complexo aquático Júlio Delamare e o estádio de atletismo Célio de Barros.

Quem vê o grupo de corredores pensa que é apenas um treino para manter a forma física. Mas a atividade é feita, principalmente, como forma de protesto para o descaso com estruturas esportivas da cidade que sediará as Olimpíadas.

A corrida do grupo ocorre desde o dia 9 de janeiro de 2013, quando a pista de atletismo do estádio Célio de Barros foi destruída para dar lugar a estacionamento para ser utilizado na Copa-2014.

Enquanto os atletas não têm uma pista de atletismo para treinar no Rio, os protestos vão ocorrendo. O próximo será dia 22 de novembro.



MaisRecentes

Após confirmação de Valentim em 2019, goleiro Martín Silva deve sair do Vasco



Continue Lendo

Arena da Baixada recebe evento com forças da segurança pública do Paraná



Continue Lendo

Justiça determina que eleição no Volta Redonda tenha urna para sócios ‘sub judice’



Continue Lendo