Governo discute criação de Guia de Procedimentos de Segurança para jogos de futebol



Os Ministérios do Esporte e da Justiça estão discutindo com a CBF a formulação de um Guia de Procedimentos Operacionais de Segurança para os jogos de futebol no país. Além da CBF, o governo já recebeu a contribuição de comandantes de Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Uma das inspirações para o Guia é o que é feito no Rio de Janeiro, onde ocorrem reuniões de jogo envolvendo representantes dos órgãos de segurança e logística. O trabalho do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe), por exemplo, tem sido acompanhado desde o primeiro semestre.

O Guia de Procedimentos é um dos projetos paralelos ao Sistema de Monitoramento de Dados relativos à prevenção da violência no futebol, que será lançado pelo governo. Como parte desse processo, também está prevista uma regulamentação do Estatuto do Torcedor, para que as práticas preventivas definidas como padrão para o país inteiro constem em lei.

É ideia do governo, por exemplo, que o modelo de reunião pré-jogo que ocorre na Ferj esteja nesse pacote de medidas expandidas a nível nacional. Os integrantes desses encontros terão a prerrogativa de definir, por exemplo, se uma partida é de alto risco ou não.

A discussão não se encerrou e está abordando outros temas que formarão a espinha dorsal dos procedimentos de segurança, como a presença ou não de PM dentro dos estádios e o cadastro de torcedores de organizadas.

O governo chamou a CBF para participar da discussão porque a entidade será responsável por garantir a operacionalização das novas medidas. Uma reunião ocorreu na terça-feira, com o diretor de competições, Manoel Flores.



MaisRecentes

Botafogo sai da lista de clubes formadores da CBF. Coritiba retorna



Continue Lendo

Entidades buscam nome para preencher vaga no Tribunal Antidopagem



Continue Lendo

Na Seleção, preferência para sorteio da Copa é estrear mais tarde



Continue Lendo